Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The art of living

23
Ago20

Os meus hábitos de leitura

Mafalda

Vi, há uns tempos, no blog da Mariana, um post sobre os seus hábitos enquanto leitora, e tenho de admitir que gostei muito. Inspirada pelo post dela venho partilhar os meus próprios hábitos, para conheçam um pouco mais de como se lê por aqui.

Dobrinhas nas folhas

Tenho de admitir que sou culpada deste pecado, não acho piada nenhuma aos marcadores de livro, porque os perco por tudo o lado. Começo a ler na cama e de repente o sacana já está mergulhado no meio dos meus cobertores e dá uma trabalheira tirá-lo de lá. A minha memória também não é prodigiosa, e por isso a dobrinha nas folhas é a minha única solução.

Ler na varanda

Para mim só há dois lugares de leitura em casa, ou a varanda ou a cama. Faça chuva ou faça sol desloco a minha cadeira até à minha varandinha (nem se deva chamar varanda que aquilo é tão pequeno que só as minhas perninhas ficam lá fora) e leio. Gosto de paz e sossego na altura da minha leitura, mas também gosto de sentir o vento e ouvir os passarinhos daí ir para a varanda.

Requisito mais livros do que compro

Não sou adepta de comprar livros, às vezes acontece, especialmente nesta quarentena em que a biblioteca fechou. No entanto adoro o cheirinho a um livro que já foi usado muitas vezes. As páginas amarelas que indicam que já foi avião para muitas viagens. 

 

Ler sempre a última frase

Há muitas pessoas que lêem últimos parágrafos ou frases antes de começar a ler os livros. Eu faço isto para os seleccionar. Quando estou na biblioteca ou livraria o meu primeiro instinto depois de ler o titulo é abrir as suas páginas e ler o conteúdo da última frase, e, tenho a dizer que a técnica nunca me falhou. Muitas vezes não percebo o significado ou a profundidade das frases sem o contexto da história, mas encontro sempre a magia nelas, que só os melhores livros têm.

 

150 páginas

Quando andava no 5º ou 6º ano a minha professora de português disse-nos que nunca desistia dos livros até ler 150 páginas, porque às vezes os autores têm alguma dificuldade em cativar o leitor no princípio, principalmente quando a história é muito complexa. Não sei porquê mas isso ficou comigo e por isso dou sempre uma oportunidade de 150 páginas a todos os livros que começo a ler.

 

IMG_20200823_161323.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

classicos-mrec

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Por aqui lê-se

Links

  •  
  • Arquivo

      1. 2021
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub